segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Livro: Extraordinário




Título original: Wonder
Autora: R. J. Palacio
Editora: Intrínseca 
Páginas: 320
Assunto: Drama


August Pullman está prestes a completar onze anos de idade, Auggie como é chamado pela família passou por diversas cirurgias e complicações médicas em seus poucos anos de vida. O garoto nasceu com Síndrome de Treacher-Collins, que causa uma severa deformidade facial.

Mesmo confiando sempre no julgamento de sua mãe Auggie não sabe se concorda com sua nova opinião, ele não se sente preparado para enfim frequentar uma escola, continuar os estudos em casa parece ser bem confortável.

"Quando tiver que escolher entre estar certo e ser gentil, escolha ser gentil."

Ser aluno novo de uma escola já é algo traumatizante, ser aluno novo com um rosto diferente pode ser considerado uma das tarefas mais difíceis que um garoto do quinto ano escolar possa enfrentar em sua vida.

Convencer seus novos amigos que seu rosto não define seu caráter muito menos sua capacidade de aprender será sua missão.


"Faça o bem que puder. De todas as maneiras que puder. De todas as formas que puder. Em todos os lugares que puder. Em todos os momentos que puder. A todas as pessoas que puder. Sempre que puder."


A história inicialmente narrada pelo ponto de vista de August ganha novo sentindo quando conhecemos o ponto de vista de seus familiares e amigos.

Saber como Olívia, sua irmã, foi deixada de lado pelos pais, como teve que amadurecer precocemente, e mesmo assim o amor que ela sente pelo irmão, ou até mesmo sua amiga Miranda que tem um carinho especial pelo garoto, mostra como ele é amado


CUIDADO SPOILER
(Se ainda não fez a leitura aconselho que passe direto para o final da resenha)


Acredito que o que mais me marcou durante a leitura foi August conquistar o carinho de todos, provando que ser diferente não o torna uma pessoa sem amigos, sem direitos e deveres para com o próximo.

Saber o sofrimento de Via foi algo chocante, sua confusão por amar o irmão mas ao mesmo tempo não querer ser rotulada de "A irmã do garoto deficiente" trás veracidade à trama.


FIM DO SPOILER


Summer é outra personagem que me marcou muito durante a leitura, a maneira como ela logo de início se aproxima do personagem central, quando ela cria a "Mesa do Verão" onde só pessoas com nomes referentes a estação podem sentar, tudo para fazer o novo amigo se sentir bem é algo emocionante.

O livro mostra a importância de conhecermos a pessoa pelo que ela é, e não julgá-la pela aparência. Uma história de superação, que aborda temas como bullying, preconceito, pré-conceito de forma simples, por uma perspectiva inocente.

Acima de tudo uma narrativa que nos faz refletir: Como estamos criando nossos filhos? Eles não estão se tornando um reflexo de nossos pensamentos e comentários maldosos?

Ame mais, julgue menos. Ser feliz pode ser muito mais fácil do que imaginamos!

O livro é incrível, tanto a temática como a narrativa podem ser lidos por pessoas de diversas idades, onde cada uma vai absorver algo diferente e conseguir trazer isso para seu dia-a-dia.

"Toda pessoa deveria ser aplaudida de pé pelo menos uma vez na vida, porque todos nós vencemos o mundo."
- Auggie



- Leitura realizada para o 1° encontro do Avalon Book Club.

- As fotos do evento podem ser conferidas AQUI.

Um comentário:

  1. Q linda a última frase!!!!
    Amei sua resenha. Vou colocar na minha humilde listinha!!!!

    ResponderExcluir

IMPORTANTE

- Não utilize esse espaço para divulgar resenhas e promoções (existe outras maneiras de divulgar seu trabalho), comente e deixe o link do seu blog que irei visitar;

- Os comentários são muito bem vindos e importantes, pois enriquecem o conteúdo;

- Se você quer receber a resposta por e-mail, assine com a sua Conta do Google e marque a caixa "Notifique-me".