segunda-feira, 20 de maio de 2013

Livro: A arma escarlate #1




Literatura Brasileira

Autora: Renata Ventura
Editora: Novo Século
Páginas: 549
Assunto: Fantasia




Idá Aláàfin Abiodun é um garoto de 13 anos morador do Morro da Santa Marta, onde vive com sua mãe e sua avó em um contêiner em uma situação precária em meio a violência do Rio de Janeiro. 

Cansado de ser espancado por Caiçara, um traficante que tinha um envolvimento com sua mãe, Idá resolve entrar para o tráfico, mas seu primeiro dia como "olheiro" não é bem sucedido, porém ele recebe uma carta que vai mudar sua vida. Um pombo deixa um embrulho e uma carta endereçados a ele, avisando de sua vaga na Escola de Bruxaria Nossa Senhora do Korkovado.

Idá vê essa oportunidade como um meio para se vingar de Caiçara, abandonando tudo para estudar magia. Para evitar ser reconhecido ele muda seu nome para Hugo Escarlate.

Depois de comprar (ou até mesmo adquirir de forma ilegal e trapaceando) seu material escolar no Sub-Saara, Hugo segue para dar início ao ano letivo.

SUB-SAARA

Para quem não quer gastar os olhos da cara!

Sub-Saara! Tudo por um Zero a menos! Satisfação garantida!

Arcos da Lapa, nº 11. Centro.
Rio de Janeiro Brasil.

Situada no interior no Morro do Corcovado, a escola de bruxaria do Rio de Janeiro infelizmente não possui infra estrutura assim como as escolas publicas existentes no país.


Na escola, ele faz amizade com os Pixies (quatro alunos que  vivem constantemente lutando contra o sistema - Viny, Capi, Caimana e Índio). Mesmo cercado de bons amigos Hugo não consegue ficar longe de encrenca causando uma grande confusão envolvendo a escola toda.

Um livro 100% Brasileiro, riquíssimo com a nossa cultura, com um personagem central dificílimo de ser aceito e amado pelos leitores.

A descrição de cenário é tão detalhada que facilmente somos transportados para o Morro da Santa Marta, nos encontramos cercados pelo mundo do tráfico, com as dificuldades dos moradores e os malefícios da droga.

Na escola Nossa Senhora do Korkovado encontramos o descaso que o ensino enfrenta, os professores mal pagos, o analfabetismo.

As lendas brasileiras como o Curupira e a Mula-sem-cabeça são citadas e temos o Clube das Luzes, uma mistura de magia com Capoeira.

E não falta referências aos livros de Harry Potter da autora J. K. Rowling, que foram a grande inspiração para a escritora dar vida a tantos personagens.

"A arma escarlate" para mim é uma fan fiction, isso realmente me incomodou um pouco, não acho válido criar histórias dentro de um universo criado por outra pessoa.

Mesmo contendo referências da obra que inspirou a história, achei o mundo em que se passa o livro muito pequeno, onde os acontecimentos de proporções astronômicas da Europa não afetou em nada o cotidiano da escola Brasileira.

Hugo Escarlate passa todo o tempo se envolvendo em confusões colocando seus amigos em apuros, porém a punição nunca chega e a pergunta que ficou no ar foi: O que Hugo aprendeu com seus erros?

"Feitiço você pode ensinar. Maldição a gente aprende escondido."


Deixe sua opinião sobre o livro...

2 comentários:

  1. Oi!
    Eu já li o livro e gostei, apesar de que esperava MUITO mais!
    A leitura demorou para se desenvolver, dificultando o meu envolvimento. Espero que o próximo livro seja melhor.
    Gostei de saber sua opinião. (:
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      A leitura também não fluiu para mim Leandro, agora só esperando o próximo para ver se melhora!
      Abraço!

      Excluir

IMPORTANTE

- Não utilize esse espaço para divulgar resenhas e promoções (existe outras maneiras de divulgar seu trabalho), comente e deixe o link do seu blog que irei visitar;

- Os comentários são muito bem vindos e importantes, pois enriquecem o conteúdo;

- Se você quer receber a resposta por e-mail, assine com a sua Conta do Google e marque a caixa "Notifique-me".