segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Livro: A garota do calendário
Fevereiro # 2





Título original: Calendar girl: February
Autora: Audrey Carlan
Editora: Verus
Páginas: 130
Assunto: Romance (Hot)



Depois de passar o mês de Janeiro em grande estilo, Mia Saunders parte para Fevereiro e seu novo cliente. O homem da vez é Alec Dubois, francês, cabelos longos, pintor, fotógrafo com um nível de sensualidade altíssimo.

Ao chegar em Seattle, sua missão é ser a musa inspiradora do francês. Alec terá uma exposição dentro de alguns dias, e escolheu a jovem para protagonizar seus quadros.

Sua exigência: pintar Mia nua. De início nem os 25% a mais de pagamento consegue fazer a oferta ficar tentadora, ela está decidida a manter sua roupa exatamente no lugar.

"Claro, chérie. Os franceses fazem amor. E existem muitas formas de fazer. Com força. Rápido. Devagar. Deliberado. Pretendo utilizar todas elas com você, por muitas, muitas horas."

Com palavras sussurradas ao pé do ouvido, logo ela  se rende ao charme de Alec, ele é intenso e está disposto a ensinar como o amor pode ser descomplicado.

"Oui. Exatamente, ma jolie. Você entendeu. O meu compromisso com você é te amar inteiramente durante o tempo em que estivermos juntos. Isso vai ficar com você. E eu vou levar o seu amor comigo. Então, nós dois sempre saberemos que este tempo foi construído com base em confiança, amor e amizade. - Ele fez uma pausa e me beijou com suavidade. - Nada mais é necessário nesta vida."

Sim, nossa protagonista que inicialmente se escandalizou por ser uma acompanhante de luxo aprende grandes lições sobre amor em sua nova profissão.

O segundo livro da série tem uma carga grande de erotismo, o sexo entre os protagonistas acaba sendo mais excessivo do que no anterior, esse fato só não estragou minha leitura porque o francês me conquistou.

A forma que Dubois encara o amor, como ele lida com os relacionamentos é algo para se pensar, com ele tudo é abundante, eterno... enquanto dure. 

Mia aprende que o amor não é um erro, que você pode amar as pessoas e deixá-las partir, ser livre, descomplicado. Os momentos vividos em Fevereiro ficarão para sempre nas lembranças de ambos.

Uma leitura rápida que pode despertar sentimentos diferenciados dependendo do leitor, a experiência para mim foi mais uma vez positiva. Que venha novas histórias, que venha outros clientes.

"Eu preciso te amar um pouco para querer estar com você dessa maneira. Mas ainda posso te amar e deixar você livre. Você vai levar o meu amor quando for embora. Para sempre. E esse pedaço do meu amor vai ser seu enquanto você viver."


0 comentários:

Postar um comentário

IMPORTANTE

- Não utilize esse espaço para divulgar resenhas e promoções (existe outras maneiras de divulgar seu trabalho), comente e deixe o link do seu blog que irei visitar;

- Os comentários são muito bem vindos e importantes, pois enriquecem o conteúdo;

- Se você quer receber a resposta por e-mail, assine com a sua Conta do Google e marque a caixa "Notifique-me".