segunda-feira, 8 de abril de 2013

Livro: A cabana




Título original: The shack
Autor: William P. Young
Editora: Sextante
Páginas: 240
Assunto: Drama / Auto-ajuda




Mackenzie Allen Phillips (Mack) cresceu em meio a violência doméstica, teve uma vida difícil  criando uma visão distorcida de Deus.

Com o passar dos anos ao lado de Nannete A. Samuelson, Mack constrói uma linda família e segue a vida com sua esposa e os cinco filhos.

Em um final de semana e antes do início das aulas, Mack leva seus filhos para acampar e após um incidente com uma das crianças ele nota que sua caçula Missy não se encontra em lugar algum. Após longa busca é encontrado vestígios que ela foi brutalmente assassinada, em uma cabana perdida próximo  as montanhas, passando a viver em profundo sofrimento ao qual ele intitula "A grande dor".

Quatro anos após a tragédia Mack recebe um bilhete misterioso pedindo que voltasse à cabana onde todo seu sofrimento começou.

Acreditando que o bilhete foi enviado por Deus, ele segue para o local em busca da resposta para o que lhe corroê todos os dias: "Se Deus é tão poderoso, por que não faz nada para amenizar nosso sofrimento?".

O que você falaria se ficasse cara a cara com Deus? Como aceitar um passado doloroso e o sofrimento da perda?

Junto a Trindade, Mack confronta seus fantasmas interiores tentando reconciliar-se com Deus.

Realmente não tenho palavras para descrever é simplesmente maravilhoso, apesar de não me agradar livros de auto-ajuda esse com certeza entra na minha lista de favoritos.

Escrito na terceira pessoa a leitura não é das mais fáceis, porém a gente é recompensado com uma história realmente comovente, já indiquei esse livro e continuarei indicando, é o tipo de leitura que todos amantes de bons livros devem conferir.
“A escuridão esconde o verdadeiro tamanho dos medos, das mentiras e dos arrependimentos (…). A verdade é que elas são mais sombra do que realidade, por isso parecem maiores no escuro. Quando a luz brilha nos lugares onde eles vivem no seu interior, você começa a ver o que são realmente.”
Você já vai sair? Deixe um comentário antes...

2 comentários:

  1. Também não tenho muito gosto para esse tipo de livro, mas A Cabana foi bastante bom e emocionante. Não há como dizer que foi uma leitura que causasse arrependimento, pelo contrário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Caren, é bom saber sua opinião, esse livro contém uma história emocionante, difícil encontrar alguém que não goste dessa leitura!
      Bjos

      Excluir

IMPORTANTE

- Não utilize esse espaço para divulgar resenhas e promoções (existe outras maneiras de divulgar seu trabalho), comente e deixe o link do seu blog que irei visitar;

- Os comentários são muito bem vindos e importantes, pois enriquecem o conteúdo;

- Se você quer receber a resposta por e-mail, assine com a sua Conta do Google e marque a caixa "Notifique-me".