segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Livro: O nome do sonho






Literatura Brasileira

Autora: M. Deméter
Editora: Garcia Edizioni
Páginas: 312
Assunto: Romance Sobrenatural


Vivian não tem nenhuma informação sobre sua família, cresceu em um orfanato. Depois de uma tentativa de adoção frustrada a menina passou a boicotar todas as tentativas de morar em um lar, seria sempre sozinha.

Ao ganhar a maioridade, com ajuda conseguiu um local para morar e um emprego. Inicialmente trabalhar em uma editora era o primeiro passo para se tornar uma grande escritora, porém a dura realidade afastou sua capacidade de sonhar.

"Escute seus instintos. Deixe que sua mente te dê as respostas sem que você precise buscá-las. Você já sabe de tudo."

Na editora ela conhece Antony, um escritor de suspense policial que tem plena consciência que sonhos podem sim tornar realidade. Ele e sua neta Anne são os únicos que a jovem pode nomear como amigos.

Quando o velho escritor teve a vida interrompida, Vivian também se afastou da pequena Anne, mantendo sua vida simples, metódica.

Todas as manhãs ela acorda com o sentimento que está esquecendo de algo importante, mas tudo é um grande vazio, não se lembra de seus sonhos por mais que se esforce. 

"Contudo, as vezes é preciso desistir de procurar para finalmente encontrar o que buscamos."

Até que uma noite lá estava ela com Felipe, como de costume, o que fez tudo mudar foi a aparição dele, meio arcado, como se a morte não tivesse aliviado suas dores, Antony.

Ao abrir os olhos estava tudo lá, Vivian não só lembrava do último sonho mais de todos, estava tudo em sua mente, mas o que isso poderia significar? Felipe era sua criação de homem perfeito, seu personagem fictício, mas e Antony? Era normal sonhar com pessoas mortas correto?

Assim Vivian começa a maior aventura durante a noite, ao abrir os olhos a jovem também tem uma missão, ajudar a pequena Anne a encontrar sua irmã, está que foi deixada em um orfanato ainda bebê.

Perante a probabilidade de reviver sua triste infância, a garota vai aprender que sonhos podem ser realizados, que sorrir é mais fácil quando as mágoas são esquecidas e que mentiras não é a melhor fuga para a realidade.

"Sentiu o corpo afundado no colchão e a mente mergulhando na escuridão do sono. Entregou -se a ela por completo, sem medo e de coração puro, desejando transformar a realidade em sonho e o sonho em realidade."

Narrado em terceira pessoa, com capítulos curtos e uma temática diferente do que estamos acostumados, a leitura pode ser finalizada em pouco tempo, pois é dinâmica e envolvente. 

Toda fantasia que envolve a trama não tira a realidade dos sentimentos. Sofremos, torcemos junto com a protagonista, em uma história sobre amor, perdão, sacrifícios, amizade, recomeço e sonhos.

O livro me conquistou primeiramente pela capa, depois a cada nova página fui me envolvendo mais, a diagramação está linda, com letras capitulares, folhas amarelas, tudo para encantar ainda mais o leitor.

"A vida pode ser como nos sonhos, basta acreditar."


- Livro obtido em parceria com a Editora Garcia Edizioni.

- Para saber mais deste e de outros lançamentos visite a página do Facebook da Editora.

Agradeço pela cortesia e confiança.

0 comentários:

Postar um comentário

IMPORTANTE

- Não utilize esse espaço para divulgar resenhas e promoções (existe outras maneiras de divulgar seu trabalho), comente e deixe o link do seu blog que irei visitar;

- Os comentários são muito bem vindos e importantes, pois enriquecem o conteúdo;

- Se você quer receber a resposta por e-mail, assine com a sua Conta do Google e marque a caixa "Notifique-me".