segunda-feira, 30 de abril de 2018

Livro: Um de nós está mentindo



Título original: One of us is lying
Autora: Karen M. McManus
Editora: Galera Record
Páginas: 384
Assunto: Suspense


Em um dia comum de aula da escola de Bayview, cinco alunos totalmente divergentes são pegos pelo professor por desrespeitarem a regra mais banal e que todos estavam cansados de saber.

Simon, Addy, Bronwyn, Cooper e Nate foram levados após ao termino da aula para a sala de detenção por estarem com aparelhos celulares em suas respectivas mochilas, mesmo sabendo da proibição.

"Algumas pessoas são toxicas demais para viver. 

Simplesmente são."

Seria simples, um professor e cinco alunos, cada aluno fazendo uma redação contendo 500 palavras, trabalho simples, manual, que não exigiria tanto esforço.

De repente um acidente no estacionamento envolvendo dois carros tira a atenção de todos, o que ocorre a seguir é muito pior, Simon cai no chão e é preciso todos se mobilizarem para ajudar o garoto. Porém o mesmo não sai vivo da detenção.

Simon Kelleher era criador de um aplicativo de fofocas que era atualizado constantemente com os segredos mais obscuros de cada aludo que pisasse milímetros fora da linha. Ele tinha olhos por todo lado, nada passava despercebido, tudo que acontecia ia para o aplicativo.


"Todos vocês que permaneceram com Simon tinham motivos para querer mantê-lo em silêncio."


Com uma das maiores publicidades já criadas nos últimos anos, a editora nos apresentou essa obra como sendo algo surpreendente, comprando-a com a famosa série "Pretty littel liars" da autora Sara Shepard.

Na própria sinopse encontramos uma descrição um tanto quanto clichê dos personagens principais:

"Bronwyn, a gênia, comprometida a estudar em Yale, nunca quebra as regras. Addy, a bela, a perfeita definição da princesa do baile de primavera. Nate, o criminoso, já em liberdade condicional por tráfico de drogas. Cooper, o atleta, astro do time de beisebol. E Simon, o pária, criador do mais famoso app de fofocas da escola."

A escrita da autora é fluída e me ganhou logo nas primeiras páginas, mesmo com as características típicas de adolescentes de seriado americanos os personagens logo me instigaram a conhece-los melhor.

Não posso dizer que fui pega completamente de surpresa pelo desfecho como foi prometido na divulgação do livro, mas gostei muito da história que foi contada.

Ao decorrer da trama é abordado diversos temas e problemáticas como drogas, relações familiares conturbadas, o impacto das redes sociais na vida dos jovens, bullying e suas consequências.

"Há coisas que são impossíveis de serem desfeitas, não importa o tamanho das boas intenções"


CUIDADO SPOILER
(Se ainda não fez a leitura aconselho que passe direto para o final da resenha)


Mesmo contendo tantos assuntos problemáticos, ao meu ver, o mais importante acabou não recebendo a atenção necessária.

A taxa de suicídio entre jovens cresce a cada ano, e ainda é um assunto tabu entre a sociedade, acho de extrema importância ser debatido a assunto.

Muitas obras abordam o tema, todavia ou é romantizado ou tratado como pano de fundo para uma história principal.

Um adolescente ser capaz de planejar a própria morte como Simon fez é algo preocupante, os jovens precisam de atenção.  

Outro ponto que me acho importante ressaltar são os sites que incentivam o suicídio, como relatado no livro, eles estão livres na internet para acesso de qualquer um que esteja disposto a pesquisar sobre o assunto. Pais fiquem atentos ao conteúdo que chega até seus filhos.


FIM DO SPOILER


Uma leitura rápida, envolvente, mas que por receber tantos holofotes pode decepcionar os leitores. Então faça como eu, comece sem pretensão, aproveite cada virar de página que assim como eu você terá uma leitura agradável.

"Agora eis o dever de casa: liguem os pontos. Será que está todo mundo mancomunado ou alguém está no controle? Quem é o manipulador e quem são as marionetes? Vou dar uma pista para vocês começarem: todo mundo está mentindo. Valendo!"  


2 comentários:

  1. Eu ando meio enjoada de tramas que envolvam adolescentes, mas confesso que fiquei curiosa. Talvez dê uma chance... ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amiga, olha, confesso que esses adolescentes também estão me deixando bem chateada, mas o livro é bom, de uma chance sim, e depois venha me contar o que achou
      =)

      Excluir

IMPORTANTE

- Não utilize esse espaço para divulgar resenhas e promoções (existe outras maneiras de divulgar seu trabalho), comente e deixe o link do seu blog que irei visitar;

- Os comentários são muito bem vindos e importantes, pois enriquecem o conteúdo;

- Se você quer receber a resposta por e-mail, assine com a sua Conta do Google e marque a caixa "Notifique-me".