sexta-feira, 9 de maio de 2014

Crônica: Um arco-íris na minha estrada


Ver não necessariamente significa enxergar. É preciso olhar o mundo e enxergar, sentir com o olhar.

Quando o mundo real nos chama, nem sempre acordamos para o nosso melhor momento ou para aquilo que queremos fazer, e é aí que a brincadeira começa. É hora de brincar do “jogo do contente”, de fazer dele nossa maior distração. E esse jogo, nada mais é que aprender a enxergar. 

Nem sempre é fácil. Na vida é preciso praticar. Luto comigo mesma várias vezes, repito incansavelmente num silêncio em som de batuque de escola de samba dentro de mim que sou capaz de ir além, brigo com meus instintos mais primitivos para não perder a razão, puxo da memória o que já vivi e vejo que hoje tudo faz sentido, então, tento respirar calmamente, desacelerar as batidas do meu coração, engolir o “bolo” que ficou entalado na minha garganta me fazendo sufocar, e passo a contar. 

Um, dois, três, quatro... nunca consigo me lembrar em que número parei porque em meio a contagem começo a brincar e nessa hora consigo enxergar a sutileza do que está a minha volta.

E, de repente, o cheiro do café vem ao meu nariz no meio do nada, tão forte que tenho vontade de pegar a xícara e me servir, e ao virar a próxima curva da estrada me deparo com um arco-íris que me leva a viajar por sua curva e ao final mergulhar no pote de ouro. 

Como numa cena de cinema em que é possível congelar em meio ao furacão e o que se vê passar traz consigo a calmaria, eu começo a sorrir porque a revolta se desfez em brisa. Quando parei e enxerguei eu pude sentir o que eu tinha, e naquele mesmo instante eu agradeci.

Na curva do arco-íris eu pude sonhar e o sonho arrancou meus pés do chão, me tirou da estrada, e bem lá do alto eu vislumbrei a recompensa.

Sei que posso ainda hoje voltar a sufocar, mas isso é uma nova história, outro capítulo, e por hora eu quero apenas desfrutar da paz que eu sinto agora.



Médica e autora do livro: Perfume de Hotel
contato@carlasgpacheco.com

0 comentários:

Postar um comentário

IMPORTANTE

- Não utilize esse espaço para divulgar resenhas e promoções (existe outras maneiras de divulgar seu trabalho), comente e deixe o link do seu blog que irei visitar;

- Os comentários são muito bem vindos e importantes, pois enriquecem o conteúdo;

- Se você quer receber a resposta por e-mail, assine com a sua Conta do Google e marque a caixa "Notifique-me".