segunda-feira, 1 de junho de 2015

Livro: Beleza perdida





Título original: Making faces
Autora: Amy Harmon
Editora: Verus
Páginas: 332
Assunto: Romance / New Adult



Alto, cabelos na altura dos ombros, olhar penetrante, campeão estadual de Wrestling, Ambrose Young é o jovem mais cobiçado da cidade de Hannah Lake. 

Baixa, cabelos vermelhos, sardas, óculos e aparelhos nos dentes, assim é Fern Taylor filha do pastor. Seu tempo é dividido em estudar e cuidar com todo carinho de seu primo Bailey Sheen que possui Distrofia de Duchenne, uma doença que aos poucos vai enfraquecendo os músculos até levar a morte.

"Há momentos assim, Bailey. Vezes em que você não acha que não pode aguentar mais. Mas, então, descobre que pode. Você sempre consegue. Você é teimoso. Vai respirar fundo, engolir um pouco mais, resistir um pouco mais, e, eventualmente, vai ter o seu segundo fôlego."

Apaixonada por romances desde os treze anos, Fern também escreve lindos e impossíveis amores fictícios, essa facilidade com as palavras faz com sua bela amiga Rita aproveite de sua bondade, assim ela passa a escrever lindas cartas de amor para Ambrose, sempre assinando o nome da amiga.

Sem saber a verdadeira autora de belas palavras logo ele se apaixona pela garota das cartas, para Fern escrever tais palavras não eram nenhum sacrifício, pois ela só precisava passar para o papel tudo aquilo que seu coração de menina apaixonada sentia por Ambrose Young.

O fato de ser enganado deixa-o enfurecido, porém as doces cartas fizeram ele vê-la com outros olhos, mas assumir esses sentimentos está completamente fora de cogitação.

"Se Deus fez todos os nossos rostos, ele riu quando ele me fez?"

Ao término do colegial Ambrose influenciado pelo atentado ocorrido nas Torres Gêmeas no dia onze de Setembro decide se alistar e convence seus amigos a segui-lo, assim eles partem da pequena cidade da Pensilvânia para servir o exército.

O tempo passa, os sentimentos de Fern continuam habitando seus mais íntimos sonhos, quando Ambrose retorna da guerra, suas feridas são mais que físicas, ele está perdido em desespero, seria este o momento de assumir o grande amor pela jovem cheia de sardas que ficou por meses sonhando com seus lábios?

"Você age como se a beleza fosse única coisa que nos faz dignos de amor."

A narrativa em terceira pessoa nos dá uma visão ampla dos acontecimentos, em momento algum impedido a aproximação do leitor com os personagens.

Um livro arrebatador, consegue ser clichê e único ao mesmo tempo, os protagonistas são de um carisma que nos deixa completamente viciados em seus dramas, torcendo, vibrando, chorando, apaixonando-se.

Uma história repleta de drama, sofrimento, perdas, mas também temos superação, o amor é descrito em sua forma mais pura, sem ressentimentos, não só amor entre homem e mulher, o amor ao próximo, desinteressado.  

O que falar de Bailey? ele ajuda sem dúvida a elevar a qualidade dessa trama, um personagem único capaz de colocar a necessidade do próximo acima da sua, que não deixa sua condição física atrapalhar em sua alegria, em seu amor pela vida.

Um livro que marcou minha vida entrando com toda certeza em minha lista de favoritos.

"E se você me quiser, eu vou passar o resto da minha vida tentando fazer você feliz, e quando você se cansar de olhar para mim, eu prometo que vou cantar."

0 comentários:

Postar um comentário

IMPORTANTE

- Não utilize esse espaço para divulgar resenhas e promoções (existe outras maneiras de divulgar seu trabalho), comente e deixe o link do seu blog que irei visitar;

- Os comentários são muito bem vindos e importantes, pois enriquecem o conteúdo;

- Se você quer receber a resposta por e-mail, assine com a sua Conta do Google e marque a caixa "Notifique-me".