segunda-feira, 20 de julho de 2015

Livro: Quase casados





Título original: The nearly weds
Autora: Jane Costello
Editora: Record
Páginas: 416
Assunto: Romance (chick lit)



O dia do casamento para uma mulher é uma das datas mais importantes de sua vida, ficará para sempre guardado em um lugar reservado em seu coração. 

Para Zoe Moore esse dia foi marcante, não positivamente, depois de sete, isso mesmo sete anos de namoro, ela foi abandonada no altar. Decidida a mudar de ares, ela sai de Liverpool ela vai trabalhar de babá nos Estados Unidos.

"Até parece que ele não teve anos para largar você - tagarelava Jessica. - Ele podia ter feito isso há seis meses e não te deixar nessa situação. Ou pelo menos esperado até depois da lua de mel, quando podia ter feito a coisa certa e pedido o divórcio. Não é assim tão complicado hoje em dia."

Ao chegar em Boston, Zoe vai trabalhar para Ryan Miller, dono de uma beleza estonteante, porém é a personificação da desorganização e do mau humor.

Cuidar da doce Ruby, 6 anos, e do pequeno Samuel, 3 anos, era a parte fácil de seu trabalho, o difícil era lidar com o humor, ou melhor, a falta de humor de Ryan, depois de perder a esposa em um acidente a vida do bonitão virou de pernas para o ar.

Para superar a perda ele decide ter todas e não ser de ninguém, para ajudar em sua superação ele decide também infernizar a vida da nova babá.

Depois de muitos desaforos, eles começam se entender, quando tudo passa a fazer sentido na bagunçada vida deles ei que alguém resolve aparecer para pedir desculpas, agora ela precisa decidir se deixa o ex retornar à sua vida ou se ela dá uma nova chance para amar. 

"Você pode atravessar um oceano para fugir. Mas não tem como fugir de seus pensamentos."

Com capítulos curtos, repleto de humor leve e descontraído a história é de fácil leitura, a protagonista passa por diversas situações complicadas devido suas atrapalhadas, porém algumas cenas são um pouco forçadas.

A soma de mocinha atrapalhada mais homem extremamente sexy não é novidade na literatura, mesmo com todo clichê consegui passar bons momentos com a leitura

As amizades que Zoe conquista nas suas desventuras são um caso a parte, pois cada personagem, mesmo os secundários contribuem para os momentos descontraídos da trama.

O livro só deixou a desejar em relação ao desfecho, ficou muito corrido, também senti falta de um epílogo, fiquei com a sensação que faltou o final, porém mesmo assim é uma leitura super recomendada para quem gosta do gênero.

0 comentários:

Postar um comentário

IMPORTANTE

- Não utilize esse espaço para divulgar resenhas e promoções (existe outras maneiras de divulgar seu trabalho), comente e deixe o link do seu blog que irei visitar;

- Os comentários são muito bem vindos e importantes, pois enriquecem o conteúdo;

- Se você quer receber a resposta por e-mail, assine com a sua Conta do Google e marque a caixa "Notifique-me".