sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Crônica: O melhor perfume é aquele que fica marcado em você


A vida é feita de muitos instantes... Alguns desses, simplesmente irão passar, enquanto outros ficarão guardados para sempre e se tornarão parte do registro da nossa história. O que faz a diferença? A reposta está no perfume e no sabor desse instante.

Para mim, as melhores fragrâncias são aquelas que possuem notas adocicadas. Consideradas mais aveludadas e quentes, essas notas dão peso e calor ao perfume fazendo com que ele tenha o poder de se fixar intensamente e, por isso, são chamadas “notas de fundo”. 

Hoje amanheci pedindo apenas que meu dia fosse doce porque na vida, assim como no mundo dos perfumes, o que exala doçura nos toca com extremo poder e penetra através dos poros da nossa pele para se fixar em nós e ficar guardado bem lá no fundo. Alguém seria capaz de discordar que provar da doçura das pessoas, de um olhar, de um sorriso, do sabor de um beijo, de um abraço apertado, da música que embalou um encontro apaixonado... enche o nosso dia das mais belas cores e faz tudo ficar melhor?

Quando somos surpreendidos por um perfume que nos aquece por dentro e coloca em nosso rosto um sorriso que ilumina até o nosso olhar, nada nos fará esquecer esse aroma. E lá, ainda que num tempo muito distante, todas as vezes que esse perfume tornar a nossa memória ele irá arrancar nossos pés do chão e nos fará flutuar para outra vez sentirmos a mesma emoção, deixando em total descompasso as batidas antes ritmadas do nosso coração. 

E não importa que tenha sido apenas um instante, porque em se tratando daquilo que vai ficar marcado em nós, isso nada tem a ver com o passar das horas, e sim, com a intensidade daquilo que experimentamos, mesmo que por um instante.

Quanto a nós... também somos feitos de perfume.

Somos únicos e é essa íntima relação entre a nossa essência e a essência do perfume que está sobre a nossa pele que da uma identidade ao nosso cheiro – a nossa identidade! O mesmo perfume se torna singular em cada um de nós, isso é realmente mágico. Deixamos no ar um perfume impossível de ser reproduzido, um perfume que tem a nossa alma.

A simples lembrança de um perfume que ficou marcado em nós é capaz de transformar por completo um instante e, ao mesmo tempo, o perfume que deixamos no ar marcará a nossa existência por toda a eternidade.


Médica e autora do livro: Perfume de Hotel
contato@carlasgpacheco.com

0 comentários:

Postar um comentário

IMPORTANTE

- Não utilize esse espaço para divulgar resenhas e promoções (existe outras maneiras de divulgar seu trabalho), comente e deixe o link do seu blog que irei visitar;

- Os comentários são muito bem vindos e importantes, pois enriquecem o conteúdo;

- Se você quer receber a resposta por e-mail, assine com a sua Conta do Google e marque a caixa "Notifique-me".