sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Crônica: Borboletas...



Amo borboletas! 

Borboletas simbolizam mudança, transformação, libertação, morte e renascimento...

A vida é feita de constante mudança. Precisamos nos reinventar sempre. 

A cada ano ganhamos mais 365 páginas em branco, um livro novo para rabiscar.

O Ano Novo chegou, mas se não mudarmos, se não fizermos diferente, se não houver transformação, se não quebrarmos o casulo, não descobriremos nossas asas, não levantaremos voo, não veremos a nós mesmos e ao mundo sob uma nova perspectiva. 

Sem renovação, só os ponteiros do nosso relógio vão mudando de lugar. 

E o tempo... o tempo só avança, não volta sequer um segundo. 

Não há como desfazer, mas podemos reescrever nossa história.

O fim, na verdade, pode ser apenas o começo. 

Toda borboleta nasce lagarta... transforme-se na melhor edição feita de você!


Médica e autora do livro: Perfume de Hotel
contato@carlasgpacheco.com

0 comentários:

Postar um comentário

IMPORTANTE

- Não utilize esse espaço para divulgar resenhas e promoções (existe outras maneiras de divulgar seu trabalho), comente e deixe o link do seu blog que irei visitar;

- Os comentários são muito bem vindos e importantes, pois enriquecem o conteúdo;

- Se você quer receber a resposta por e-mail, assine com a sua Conta do Google e marque a caixa "Notifique-me".