sexta-feira, 4 de abril de 2014

Cronica: As muitas linguagens



A gente fala, os olhos falam, o corpo fala, os gestos falam... o silêncio fala.

É fácil discordar, concordar, dizer bobagens, mas dizer o que realmente se quer, e que se tem necessidade de dizer, nem sempre se faz tão simples assim. 

Fingir para quê e por quê? Tem gente fingindo tanto que está entortando os ossos, são os efeitos colaterais. É a lei da física extrapolando os limites da ciência e se fazendo valer também na nossa vida - “Toda ação, gera uma reação”. Não se passa impune, a vida nos cobra de alguma forma.

Em tempos de padrão de qualidade, talvez devêssemos exibir em nós um selo de autenticidade. 

Falando um pouco das mulheres, tem algumas colocando tanto botox que perderam toda a capacidade de ser natural, de franzir a testa, de fazer caretas, e mal se reconhecem diante do espelho à medida que vão ficando mais engessadas, mais plastificadas a cada dia, e passam a sofrer do “mal do couro curto”, o que torna impossível gargalhar, berrar. 

Até o mais autentico, puro, intenso prazer, que é o orgaaaaaaaaasmo está sendo forjado, fingido. Que graça tem? É impressionante que nos dias de hoje uma mulher ache mesmo que precisa fingir ao invés de sentir, até mesmo quando faz sexo entre quatro paredes, dentro do carro (ou sabe-se lá onde). “Sim, só que não”.

Alguém já disse que declarações de amor verdadeiras, sentidas, são ditas com o olhar e com as mãos, e nós mulheres fazemos questão de escutar também. Pacote (serviço) completo! A língua emite sons e sensações, e o corpo... o corpo reage. Se permita sentir!

O “Não” é permitido. Educação sim, hipocrisia “Não”! 

Longe de mim o que foi citado: “Morreu de quê? Se sufocou com as palavras que nunca disse”.



Médica e autora do livro: Perfume de Hotel
contato@carlasgpacheco.com

0 comentários:

Postar um comentário

IMPORTANTE

- Não utilize esse espaço para divulgar resenhas e promoções (existe outras maneiras de divulgar seu trabalho), comente e deixe o link do seu blog que irei visitar;

- Os comentários são muito bem vindos e importantes, pois enriquecem o conteúdo;

- Se você quer receber a resposta por e-mail, assine com a sua Conta do Google e marque a caixa "Notifique-me".