sexta-feira, 11 de abril de 2014

Crônica: Um olhar adolescente sobre o AMOR




Amor é um sentimento profundo
O sentimento mais bonito
Que desponta do coração
Para iluminar a vida da gente

Que forma tem? 
De que fôrma vem?
Não sei dizer ao certo
Só sei que me cai muito bem

Não existe nada mais Top
Que uma paixão repentina
Que nos faça andar com os pés fora do chão
Pisando em flocos de algodão

E... de repente é amor!
Tudo ganha mais cor, mais perfume, mais sabor
Meu mundo fica todo azul
Com o cheirinho doce do mais delicioso dos cupcakes

Ah! O amor bagunça toda minha maquiagem
Borra meu rímel
Acende meu blush
Tira meu gloss

Mas mesmo assim,
Mesmo desmontando meu look
O amor é muito “divo”
É a música perfeita tocando para mim

Pera, como assim?
Dizem que o amor não machuca, não dói
E o que dizer então do meu peito ralado
Bem no lugar onde fica o coração?

Não importa a cicatriz!
O importante é ser feliz
Aprender a superar
Sem nunca deixar de AMAR


*Feito a quatro mãos com minha filha adolescente – Giulia, 13 anos.



Médica e autora do livro: Perfume de Hotel
contato@carlasgpacheco.com

0 comentários:

Postar um comentário

IMPORTANTE

- Não utilize esse espaço para divulgar resenhas e promoções (existe outras maneiras de divulgar seu trabalho), comente e deixe o link do seu blog que irei visitar;

- Os comentários são muito bem vindos e importantes, pois enriquecem o conteúdo;

- Se você quer receber a resposta por e-mail, assine com a sua Conta do Google e marque a caixa "Notifique-me".