sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Crônica: O corpo fala


O corpo fala e essa linguagem silenciosa torna claro aquilo que não verbalizamos e que tentamos disfarçar, que pretendíamos que ficasse assim, bem escondido, por medo de nos mostrar.

O pulso ainda pulsa... ele pulsa, mesmo que não nos apercebamos o tempo inteiro, ele continua lá. Do mesmo jeito, o que sentimos permanece em nós ainda que sob um disfarce e, uma hora deixamos de ser personagem e acabamos por nos revelar. 

O que precisa ser dito encontra no nosso corpo um caminho, uma forma de se expressar. Acho que é assim que funciona. 

Sem nenhum disfarce o que está nas entrelinhas vai muito além daquilo que está estampado em negrito e que salta aos nossos olhos num primeiro momento.

Calamos a nossa voz, mas o corpo nos trai. Ele é muito mais inteligente que nós, mais perspicaz e audacioso.

Não controlamos nossas emoções o tempo inteiro, então, uma hora o corpo assume o controle e deixa à mostra o que realmente se passa dentro da gente, por isso, quando conseguimos nos ler e ler os sinais que o outro está emitindo, adentramos no universo dessa linguagem sem som e mergulhamos no mais profundo “eu”.

Mas para isso, para lermos os sinais, precisamos olhar e não só ver, ou seja, enxergar, ir além da superfície. O que torna isso difícil é a nossa pressa, essa pressa estúpida que nos faz ficar cegos e, quando não, a necessidade ainda mais descabida que temos de nos enganar.

Medo da verdade, o mais cruel e paralisante de todos os medos, porque nos priva da mais legítima felicidade e do mais autêntico sorriso. Já disse uma vez e vou repetir, detesto sentir medo. 

Então, sem pressa e sem medo! Não sei dos outros, aliás, o que preciso mesmo é saber de mim e eu, eu quero me permitir parar, ver muito mais que por um breve instante, ler o que realmente estou emitindo e o que estou recebendo de volta. Acho que isso é parte do segredo para ser feliz de verdade, para ter um sorriso escancarado que me acompanhe onde quer que eu vá.


Médica e autora do livro: Perfume de Hotel
contato@carlasgpacheco.com

0 comentários:

Postar um comentário

IMPORTANTE

- Não utilize esse espaço para divulgar resenhas e promoções (existe outras maneiras de divulgar seu trabalho), comente e deixe o link do seu blog que irei visitar;

- Os comentários são muito bem vindos e importantes, pois enriquecem o conteúdo;

- Se você quer receber a resposta por e-mail, assine com a sua Conta do Google e marque a caixa "Notifique-me".