segunda-feira, 2 de março de 2015

Livro: De repente, Ana #2




Literatura Brasileira

Autora: Marina Carvalho
Editora: Novo conceito
Páginas: 320
Assunto: Romance




Ana Carina passou a morar com seu pai na Krósvia, os últimos dois anos e meio foram tranquilos, o namoro com Alexander está melhor que nunca, seu emprego na embaixada brasileira é garantido, sem contar a satisfação de manter contato com as garotas do Lar Irmã Celeste.

Em meio suas férias com Alex ao Brasil uma notícia chega para abalar sua felicidade, o helicóptero que levava Andrej Markov sofre um acidente, ele está seriamente ferido.

Ao voltar para seu país, Ana encontra o pai visivelmente debilitado na UTI do hospital.

"A vida é mesmo estranha. De repente ela dá uma guinada e pega o mundo todo despreparado, para o bem ou para o mal."

Enquanto a saúde de Andrej não se estabeleça os krosvianos precisam de uma pessoa capacitada para governar o país, sem dúvidas o primeiro nome da lista de sucessores do rei é da princesa.

Com todas novas responsabilidades Ana não esperava ter que reencontrar Laika nome de cachorro para infernizar seu relacionamento com Alex.

"A verdade era que, de qualquer modo, eu estava frita. Não compreendia a política o suficiente para administrar uma nação. Como se não fosse o bastante, eu começava a sentir que a pouca liberdade que me sobrara acabaria reduzida a... nada."

Inicialmente ninguém esperava por uma continuação de "Simplesmente Ana", quando chegou a noticia, sim a princesa mineira ganharia novas aventuras.

Nesse livro vamos encontrar dois pontos de vista, ora é narrado por Ana, ora por Alex. Os personagens já conhecidos são cativantes, porém a narrativa começa de maneira densa e gradativamente vai ganhando ritmo diferente de seu antecessor que possui uma fluidez maior.

Podemos também encontrar referências musicais que até hoje fazem sucesso como: Backstreet Boys, Shakira, Bon Jovi...

Ainda podemos encontrar o humor leve característico da autora, que conseguiu mesclar fatos e personalidades existentes com países e línguas imaginárias, dando um ar todo misterioso à leitura.

"Eu pensava que viveria quase eternamente, feito a Dercy Gonçalves."

0 comentários:

Postar um comentário

IMPORTANTE

- Não utilize esse espaço para divulgar resenhas e promoções (existe outras maneiras de divulgar seu trabalho), comente e deixe o link do seu blog que irei visitar;

- Os comentários são muito bem vindos e importantes, pois enriquecem o conteúdo;

- Se você quer receber a resposta por e-mail, assine com a sua Conta do Google e marque a caixa "Notifique-me".